Cadastre-se como pessoa jurídica e tenha acesso a todos os produtos

Lágrima ácida: como tratar o problema?

Lágrima ácida: como tratar o problema?

A lágrima ácida é um assunto que gera algumas discussões entre os donos dos pets. Alguns consideram desnecessário lidar com um problema visto como estético, enquanto outras pessoas estão atentas a acabar com essa situação pois pode ser prejudicial ao bichinho.

Porém, vale salientar que esse tipo de situação é um indicativo de que algo está errado no cão ou gato. Por isso, não dá para ignorar o aspecto dos nossos bichinhos. Então, saiba nesse artigo como é possível solucionar essa questão incômoda nos olhos do animalzinho do seu cliente

 

O que é a lágrima ácida?

A lágrima ácida é aquela mancha úmida que fica abaixo dos olhos de alguns cães e gatos. Também chamada de "cromodacriorreia", ela possui uma coloração amarronzada e fica mais visível em animais de pelagem clara.

Mas diferente do que se pensa, a lágrima ácida não possui relação alguma com a acidez da lágrima. A mancha possui um caráter inofensivo, mas deixa o animal com um visual não muito agradável para alguns tutores.

 

Por que ela fica assim?

A lágrima ácida fica nessa cor por causa das porfirinas, ou excesso de ferro na sua composição. Essa substância deriva da degradação das hemácias e pode estar relacionada à aspectos fisiológicos ou patológicos. Ela não é realmente ácida, mas, pode informar quando o bichinho está precisando de um cuidado especial.

Por esse motivo, é muito importante que o dono do pet visite um veterinário para realizar uma avaliação. Só assim, ele poderá descobrir qual o problema que está resultando na produção exagerada dessas enzimas.

Além disso, podemos associar à lágrima ácida a irritações oculares, fatores ambientais, obstrução do canal lacrimal, ou à própria raça. Outros especialistas relacionam as manchas ao tipo de alimentação. Por isso, alguns indicam uma ração mais natural para resolver a questão.

 

Como tratar o problema?

Não basta apenas procurar soluções paliativas para as manchas. Afinal, se o problema não for tratado desde a raiz, elas voltaram outras vezes.

Por isso, ao notar a lágrima ácida no animal, o tutor deve levá-lo a um oftalmologista de animais domésticos. Assim, ele poderá realizar exames clínicos e testes específicos para descobrir o problema.

Em alguns casos, é necessário realizar a desobstrução dos ductos lacrimais. Em outras, as cirurgias nas pálpebras podem ser indicadas, com uso posterior de colírios ou outros produtos para limpar a lágrima.

Também será necessário reduzir a ingestão de ferro, conservantes, corantes, condimentos e açúcares da dieta do animal. A alimentação pode a principal causa desse processo.

 

Conclusão

Agora que você já sabe tudo sobre lágrima ácida, já pode orientar bem o seu cliente. A vantagem é que hoje existem muitos produtos que podem ser utilizados para remover as manchas, mas todos eles devem ser utilizados com prescrição médica.

 

Enfim, você sabia que a V2Pet possui diversos medicamentos para você comercializar no seu petshop ou clínica? Entre em contato conosco e descubra como fornecer uma variedade de itens ainda maior ao seu cliente. Certamente, em algum momento ele precisará de produtos que serão úteis para o trato diário da saúde dos pets.