Cadastre-se como pessoa jurídica e tenha acesso a todos os produtos

5 cuidados com filhotes que todo tutor precisa ter

5 Cuidados com filhotes que todo tutor precisa ter

Um animal de estimação traz alegria e movimenta qualquer ambiente doméstico. A sua presença pode harmonizar o local e ajudar a reduzir os casos de ansiedade e depressão de tutores. Porém, existem alguns cuidados com filhotes que são essenciais para que esse bichinho leve uma vida plena e saudável.

Por isso, listamos aqui algumas dicas importantes para você orientar o seu cliente, que se tornou pai ou mãe de pet nesses meses de pandemia. Sem dúvidas, essa será uma experiência desafiadora, mas que trará muitos benefícios tanto para o animal quanto para ele.

 

Cuidados com filhotes: o que levar em consideração?

Os cães são animais que necessitam de atenção desde os primeiros anos de vida. E o bom relacionamento entre ele e o tutor pode contribuir para um desenvolvimento sadio. Então, é fundamental oferecer ótimas condições para que o pet cresça feliz, forte e com saúde. Confira a seguir algumas dicas interessantes de cuidados com filhotes para serem seguidas pelos pais de primeira viagem.

 

Manter a vacinação em dias - principal ação nos cuidados com filhotes

Uma das coisas mais importantes que todo tutor deve fazer inicialmente é vacinar o seus filhotes. É mais comum vaciná-los entre a oitava e décima semana, e intensificar o cuidado com a segunda dose. Além disso, esses filhotes não devem entrar em contato com cães que já foram vacinados, ou seja, os passeios são terminantemente proibidos.

Somente um veterinário pode indicar as vacinas e protocolo de vacinação mais adequado para seus filhotes, levando em consideração os riscos e as doenças que são mais prevalentes na região.

 

Incentivar a socialização

Após serem devidamente vacinados, a orientação é que os filhotes passem por um período de socialização. Nesse momento, eles devem ser expostos a outros animais, pessoas e situações diferentes para que sejam estimulados. Sendo assim, o tutor evitará que futuramente eles tenham algum problema de comportamento.

Então, o ideal é que o dono do bichinho leve-o à casa de outras pessoas, ao parque ou outros ambientes com pessoas e animais. Essa ação será fundamental para a socialização dos filhotes.

 

Evitar determinados alimentos

É muito comum achar que dar o resto de comida dos seres humanos não faz mal algum ao animal. Porém, esse é um dos cuidados com filhotes mais importantes. Alguns alimentos podem ser altamente tóxicos.

Entre eles, temos o alho, o chocolate, a cebola, e as uvas. Além disso, açúcares, manteigas e doces em geral podem alterar os níveis de açúcar no sangue dos cães e causar insuficiência hepática. Por isso, em hipótese alguma deixe que os tutores deem alimentos sem saber se o cãozinho pode consumi-lo ou não.

 

Cuidado com plantas venenosas

Se o seu cliente adquiriu um pet recentemente, é fundamental orientá-lo quanto ao perigo das plantas venenosas. Isso porque os cães comem tudo o que veem pela frente, principalmente quando são filhotes. Então, é fundamental indicar ao tutor que ele procure imediatamente o veterinário, caso perceba que o bichinho sofreu alguma intoxicação.

 

Fornecer rações de qualidade

Enfim, essa última dica de cuidados com filhotes é também importante em qualquer idade do bichinho. Para manter uma dieta equilibrada, ofereça rações de qualidade, com base no tamanho e peso dele. Por isso, se você é dono de um petshop, tenha em sua loja alimentos variados para oferecer ao seu cliente. Adquira seus produtos com a V2Pet, que é especialista em oferecer mercadorias de qualidade para esse nicho de atuação.